PoderWAP Conteúdos Totalmente Gratuitos
Buscar
Resultados por:
Busca avançada
Últimos assuntos
O tempo dos vulcõesQua 26 Abr 2017 - 3:46PoderWAP
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Galeria


Conectar-se

Compartilhe
Ver o tópico anteriorVer o tópico seguinte
avatar
Admin
Mensagens : 438
Pontos de Prémios : 2147486142
Data de inscrição : 24/08/2010
Idade : 28
Localização : Portugal
Ver perfil do usuáriohttp://www.poderwap.ml
30082016
Ontem noticiámos que, possivelmente, havia sido descoberto um exoplaneta com características muito semelhantes às do nosso planeta Terra.
A descoberta iria ser hoje confirmada pelo ESO e, numa conferência de imprensa, o observatório confirmou que foi encontrado um planeta na zona de habitalidade da estrela mais próxima da Terra.

No início do mês de Agosto, os astrónomos do ESO (European Southern Observatory), recorrendo aos telescópios e outras infraestruturas, encontraram evidências claras da existência de um planeta em órbita da Proxima Centauri, a estrela mais próxima do nosso Sol.
Este novo planeta foi designado de Proxima b.

A localização da Proxima Centauri no céu austral. Créditos: Y. Beletsky (LCO)/ESO/ESA/NASA/M. Zamani
O ESO convocou, assim, uma conferência de imprensa para hoje, onde confirmou esta descoberta, que deixou a todos, sobretudo aos mais fanáticos, muito entusiasmados. Trata-se, assim, de um mundo com a massa idêntica ao da Terra.

A Proxima Centauri e o seu planeta comparados ao Sistema Solar. Créditos: ESO/M. Kornmesser/G. Coleman
Segundo a Nota de Imprensa Científica da ESO:
Este mundo, há muito procurado, designado por Proxima b, orbita a sua estrela progenitora, vermelha e fria, a cada 11 dias, possuindo uma temperatura que permite a existência de água líquida à sua superfície. Este mundo rochoso é um pouco mais massivo que a Terra e trata-se do exoplaneta mais próximo de nós — podendo também ser o mais próximo a albergar vida fora do Sistema Solar.
A estrela anã vermelha chamada Proxima Centauri situa-se a apenas cerca de 4 anos-luz de distância do Sistema Solar, sendo por isso a estrela mais próxima da Terra, com excepção do Sol. Esta estrela fria, localizada na constelação do Centauro, é demasiado ténue para poder ser vista a olho nu, situando-se perto do par de estrelas muito mais brilhante conhecido por Alfa Centauri AB.

Impressão artística do planeta que orbita a Proxima Centauri. ESO/M. Kornmesser
Confirmada agora esta importantíssima descoberta, iniciam-se agora muitas outras observações com o objectivo de conseguir o máximo de informações e dados possíveis. Para isso serão já utilizados os instrumentos mais actuais tais como o European Extremely Large Telescope (E-ELT), pertencente à nova geração de telescópios gigantes.

Ilustração do European Extremely Large Telescope (E-ELT). Créditos: ESO/L. Calçada
Obviamente que uma das investigações, terá o objectivo de saber se este novo planeta descoberto, poderá ter as condições favoráveis, ou evidências que apontem para a existência de vida neste planeta.
Guillem Anglada, astrónomo que liderou a equipa responsável pela observação da Proxima Centauri, afirma que:
Descobriram-se já muitos exoplanetas e irão descobrir-se muitos mais, no entanto a procura do mais próximo potencial planeta análogo à Terra e a sua subsequente descoberta constituíram na realidade uma experiência para toda a vida para toda a equipa. A história e esforços de muitas pessoas convergiram nesta descoberta. Este resultado é por isso também um tributo a todos eles. A procura de vida em Proxima b é o passo seguinte…
Amanhã será publicado um artigo científico na revista Nature, onde esta marcante descoberta será descrita em mais pormenor.
Nota de Imprensa Científica do ESO
Créditos da imagem inicial: ESO/M. Kornmesser
Compartilhar este artigo em:BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

Comentários

Nenhum comentário.

Ver o tópico anteriorVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum